quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Eu, você e o universo.

Já foi dito em algum post por aqui a "conspiração benéfica" feita pelos átomos que acabaram constituindo você e tudo mais ao redor. Agora é a hora de adicionar outros elementos no meio dessa panelinha toda.
É fato: para permanecer na Terra por bilhões de anos é necessário que você seja tão volúvel quanto esses átomos que te constituem. Você precisa estar sempre preparado para mudanças radicais. Modificar seu tamanho, forma, espécie, cor, qualquer coisa. É fácil falar, fazer é outra coisa... todos esses processos são completamente aleatórios, mas veja só: você conseguiu. Deixar de ser um globulozinho atômico primordial e se tornar esse ser humano moderno, ereto, com dedões opositores e um telencéfalo desenvolvido foi foda, eu admito. Você passou por diversas mutações e criou novos traços por períodos beeem longos. Pois é, já abominamos o oxigênio e mais tarde não conseguimos viver sem ele. Desenvolvemos barbatanas, botamos ovos, fomos bastante peludos, vivemos sob a terra, em árvores, já fomos grandes como um cavalo e pequenos como um rato.. e por aí vai. O que quero dizer é que se você desviasse um pouquinho de todas essas mutações evolucionárias agora poderia estar lambendo paredes de cavernas ou se deliciando com vermes suculentos.
Além dessa sorte de acompanhar todas essas mudanças, você foi (milagrosamente) afortunado em relação à sua ancestralidade pessoal. Imagine só: por bilhões de anos seus ancestrais foram atraentes o suficiente para encontrar um parceiro, saudáveis para a reprodução e viveram o tempo necessário para tudo isso. Nenhum deles foi devorado, afogado, esmagado, aprisionado ou desviado de algum modo dessa missão de fornecer uma minúscula carga de material genético no momento certo, ao parceiro certo, perpetuando assim a única seqüência de combinação hereditária capaz de resultar em... você.

Percorremos um longo e tortuoso caminho para chegar onde estamos, enfrentamos perigos inimagináveis. Logo, o pior já passou.. Não é?
NÃO?!
É, apesar disso tudo o ser humano adora ser dramático. Ouvimos diariamente "ai, minha vida é tão difícil..", "ai, devo ultrapassar taaantos obstáculos..", "ai, como eu sofro.."
Ah, vá se foder.
Acho que esse pseudo complexo de Perseu já veio embutido no DNA, mesmo.

O foda é que nem sempre tem uma Atenas pra salvar tua pele.

16 comentários:

KGeo disse...

a evolução é uma merda mesmo de se entender

(•Luα disse...

Olá, Ana!
Obrigada pelo comentário! sua resposta está ao pé do post!!

volte sempre que quiser!!

Feliz Blog pra você!


http://paradisodipiacere.blogspot.com/2008/12/finalmente-as-borboletas.html

wendell penedo disse...

linda.

wendell penedo disse...

Darwin faz aniversário que dia?

van delgado disse...

19 de setembro

Ana. disse...

Na realidade ele completaria 200 anos no dia desse post..

Coincidência?
Pior que foi.

van delgado disse...

Completaria? Ele morreu?

Wagner Lopes disse...

E ainda ha quem diga que não pediu pra nascer :P

van delgado disse...

Wagner é impressão minha ou você parece o renato russo?

Garotas Nada Vazias disse...

De evolução não tem nada, né?!


O "serumano" é tão cretino, irracional e limitado quanto um animal. Muitas vezes chega a ser pior que o próprio.


Que vá pra porra esse papo de "pobre de mim, olha como me lasco"...

Henrique Hemidio disse...

Prazer
Henrique Hemidio


Não li...
bejomeliga!

wendell penedo disse...

haha, o carinha vomitando no banco me lembrou algo..UHAHuaUhaHUa

van delgado disse...

Um fato no guarujá envolvendo o zécu?

Ana. disse...

Não. Um fato em Santos envolvendo nós dois, mesmo HAHAHAHAH

wendell penedo disse...

e uma família que vinha muito desavisada...huaHua

Garotas Nada Vazias disse...

Sobre o mosaico: sim, o Van falou. Desculpa aí, vai! Dá desconto pra tamanha ignorância cibernética.. :)