sábado, 20 de dezembro de 2008

Espaço-tempo.

Se não me engano foi o Einstein quem disse que essa distinção entre passado, presente e futuro é só uma ilusão persistente..
É interessante pensar nisso. Na idéia de que não existe um passado, saindo do princípio de que tudo é um hoje, o presente. Como se o espaço do tempo fosse dividido somente em presente e futuro. "Futuro" seria o que você ainda não vivenciou, enquanto que o "presente" seria uma fusão do presente e do passado.
Por exemplo: se você deixar um maço de cigarros em cima de uma mesa e for dormir, amanhã ele ainda estará em cima dessa mesa. Caso não durma, verá o maço continuar a ficar em cima da mesa.

Faz sentido, vai (:

4 comentários:

Michelle Câmara. disse...

A única diferença é que Einstein não fumava :)

Michelle Câmara. disse...

E isso me faz pensar:
Vamos esquecer do passado, dane-se ele! Uhul!

Henrique Hemidio disse...

Vc tá precisando ler um pouco a respeito da relatividade do tempo...

Alisson disse...

passado e presente realmente não existem da forma que aprendemos a pensa-lo.

mas quanto ao maço de cigarro... se for deixado em cima da mesa da casa de um fumante, putz, será passado pra sempre!


-------
http://dacordasuapaz.blogspot.com
-------