terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Força motriz mundial.

Diversas teorias já foram criadas para tentar explicar essa "dominação" do planeta pelo homem, ao passo que outros animais são capazes somente de construir uma casinha e levar fêmeas para a cama. Muitos dizem que a barata é mais resistente que o homem, e o cavalo é até mais bonito, mas quando ouvimos falar em uma fuga em massa de cavalos ou alguma liga de aço feita por alguma barata?
E tudo isso se deve ao simples fato de alguma linhagem bastante particular de macacos ter acabado desenvolvendo um dedão opositor, não se sabe muito ao certo por qual motivo. Pode escolher entre Lamarck, Darwin ou o bêbado da esquina, porque esse motivo é completamente indiferente no momento. O que interessa é que essa criatura utilizou seus dedões opositores pra segurar uma pedra e descascar uma banana. [E cá entre nós, essas são as condições mais primordias possíveis para se dominar o planeta.] Mas de nada adiantaria todas as façanhas com os polegares se não tivessem como contar para alguém mais tarde, não é? Nasce a linguagem, dela vêm as mentiras e pronto: o homem estava feito.
Mas creio que a necessidade não é o que move a humanidade. Há quem diga por aí que o que move as pessoas é a vontade de superação, de ser o melhor possível. Bah, papinho de workaholic-romântico-sonhador. A nossa verdadeira força motriz é a preguiça. Oras, esse dedão nasceu pela preguiça de não termos de usar somente uns dentes e algumas garras pra nos alimentarmos. Inventamos uma linguagem porque ninguém mais agüentava tentar decifrar grunhidos, pulos e mímicas. A roda foi uma invenção pensando numa futura carroça, para o homem não gastar suas preciosas adenosinas trifosfato andando e/ou correndo por aí.
O gostinho pela agressividade foi um puta avanço tecnológico, já que as armas foram inventadas e aperfeiçoadas para conseguirmos matar uns aos outros com o mínimo de esforço possível. Os mísseis com incontáveis ogivas nucleares exemplificam a mais pura preguiça combinada com um instinto psicótico: usando somente um dedão [sim, AQUELE dedão] aperta-se um botão e pronto: lá se vai um país inteiro.
Rádio, telefone, televisão e internet servem para entregar mensagens sem sair do conforto de uma poltrona. A química moderna veio da alquimia, tentativa de obtenção de ouro sem ter que procurá-lo. O que falar da escada rolante, do gps e do controle remoto?!
Até a arte exemplifica a preguiça. Ou você acha que a maior realização da arte na opinião da grande maioria, a Capela Sistina, foi pintada por Michelangelo deitado por mero acaso?

15 comentários:

wendell penedo disse...

Eu sempre achei curioso o fato de que a maioria dos animais escolhe um lugar no qual consiga se adaptar, já nós, obrigamos o ambiente a se adaptar, ou o forçamos. Apesar de que isso dá um trabalho enorme, então é um ponto pra analisar na sua proposta, ou talvez seja mais um dos paradoxos bizarros do ser humano: pra ficar de boa, bem preguiçoso, é preciso fazer um monte de coisas trabalhosas.
Que bosta.

Fernanda disse...

Eu intendi, mas não concordo que é a preguiça que leva o homem a "evoluir" , e fazer de sua vida uma coisa mais facíl. Concordo com a idéia de que é por vontade de superação, de ser o melhor possível, e pela necessidade. Porque acho que certas descobertas, comodidades e técnologias são inventadas com esforço e inteligência, se fosse por preguiça ou falta de interesse nem seria feito.
...
Achei seu texto escrito de forma bastante informativa.
:)

Amisadai disse...

Hum legal o texto

eu acho que as necessidades do homem o torna mais preguiçoso, engraçado o homem para evolui tem que ficar mais preguiçoso

rsrsrsrs

http://cabruncoo.blogspot.com/

Pablo disse...

Realmente inventamos coisas para facilitar o nosso trabalho...

O ser humano é o bicho mais preguiçoso que existe ...

Gostei do seu blog, vou acompanhá-lo sempre !

http://sombradaamendoeira.blogspot.com/

Carol°°°Paula disse...

inventamos para facilitar nosso trabalho na terra, mas acho que é mais por motivo de superação msm
acho q desde que o homem descobriu q pode pensar que ele fez isso, e quis facilitar a vida...
mt inteligente seu texto, gostei!

O.Menino.Dela. disse...

rsrs Tem razão.. ser humano faz de tudo para uma facilidade eterna... e puro exagero.. e nunca os culpados de nada --'

rsrs
gostei da critica!!!

flw beijos

van delgado disse...

Como dizem: " Se algo dá muito da trabalho não é para ser feito"

Jonatas Fróes disse...

Primeiramente, achei o visual do blog muito bom e organizado, parabéns.

Gostei do texto, achei bastante objetivo e interessante, mas discordo do seu ponto de vista. O homem pode pensar e logo, procura facilitar sua rotina... Algo comum. Pra que continuar com as dificuldades se podemos criar algo que vá nos auxiliar e até agilizar nossas tarefas?

;*

Musikaholic

Pablo disse...

Já havia postado aqui antes ...
O texto está muito bem escrito !

http://sombradaamendoeira.blogspot.com/

O.Menino.Dela. disse...

Es algo que te lía,una descarga de energía, que te va quitando la razón, te hace tropezar, te crea confusión, seguro que es la fuerza del corazón....♥

hehehe

Alejandro Sanz... conheço!! mto legal a musica!

Beijao.. valeu!

Michelle Câmara. disse...

A primeira vez que eu li achei extremamente sem graça o modo com qual você montou seu raciocínio.
Mas lendo pela segunda vez consegui entender perfeitamente o que você quis dizer com a "preguiça", e sério, é o seu melhor post até agora.
Tá, agora vem a minha opinião: po cara, é complicado esse assunto até porque a gente tá lidando com um assunto bem generalizadão...
O homem desenvolve e aprimora tecnologias, primeiro, por causa da teia do capitalismo, segundo, por causa desse maldito consumismo. É um comodismo, uma dependência particular do ser humano querer descobrir, inovar, agora, que a "preguiça" tá no meio, tá, mas não é a principal causa.
Que droga, daqui a pouco estou escrevendo uma carta. Dane-se a minha opinião, gostei desse bocado de letras juntas aí!

Ana. disse...

Ainda prefiro meu post sobre átomos (:

Pablo disse...

Você acaba de ser premiada pelo blog "Sombra da Amendoeira".

Visite o blog para recebê-lo

http://sombradaamendoeira.blogspot.com/

van delgado disse...

Meu premiada com a sombra de amendoim!!!!!!!!!

E viva o tédio!! VIVA! disse...

muiiiiiiito bom!
gostei pacas!!
realmente se não fossemos preguiçosos nada teria evoluido!
afinal de contas o propósito eh q se facilite a vida!